Escute este post aonde você quiser! É só clicar aqui em baixo:

Então você tem um talento natural para criar produtos feitos à mão e tem um desejo secreto (ou não tão secreto assim) de passar os dias inteiros no seu atelier criando e produzindo tudo o que a sua imaginação inventar. Seja ele um talento para o desenho, para a ilustração, cerâmica, pintura, marcenaria, costura, bordado, crochet, etc, (ou, quem sabe, tudo isso junto e misturado), você tem certeza que seria muito mais feliz e realizado se pudesse trabalhar só com isso todos os dias. Só que isso é algo muito distante, é só um sonho que não tem a menor chance de dar certo.

 

Largar um emprego seguro, uma carreira tradicional que você vem construindo desde a faculdade e que a sua família vem depositando altas expectativas pra que você chegue ao topo da carreira, abandonar isso tudo é muita loucura.

 

Afinal de contas ninguém dá valor para produtos feitos à mão, certo? Artistas e artesãos não passam de mortos de fome, certo? Errado! Tirando a parte em que você seria uma pessoa muito mais feliz se passasse os dias criando e produzindo, O RESTO TODO está bem errado. Este sonho não é algo tão distante assim, não é loucura nenhuma fazer o que você ama e hoje em dia um negócio criativo tem muitas chances de dar certo.

 

As pessoas que fazem do jeito certo não tem do que se queixar e estão por aí vivendo a vida que você sempre quis. Elas deram o primeiro passo, testaram suas ideias, colocaram a cara no mundo e encontraram o SEU jeito de fazer dar certo. Encontraram o caminho para viver a vida dos sonhos deles.

 

NÃO PRECISA MAIS SER COMO ERA ANTIGAMENTE

A gente vive num momento de grande mudança de paradigmas. Nossos pais foram criados para terem carreiras seguras e tudo o que eles querem é que a gente dê continuidade a esse legado. É natural, deu certo para a geração deles. Trabalhar para pagar as contas e poder se aposentar com tranquilidade um dia é a definição de sucesso pra eles.

 

Mas o mundo mudou, não tem mais que ser assim. Trabalhar feito louco contando os dias para o momento em que vai poder parar de trabalhar (seja num fim de semana, nas férias ou na aposentadoria), isso é que é uma grande loucura. TRABALHAR PARA PODER PARAR DE TRABALHAR! É insano!

 

O trabalho que você faz todos os dias durante a maior parte da sua vida deveria ser algo que te enriqueça a alma e não te sugar toda a sua energia nos melhores anos da sua vida. Tem muita gente descobrindo outras formas de viver e trabalhar muito mais alinhadas com seus valores e o estilo de vida que escolher viver. Você também pode fazer parte deste movimento de mudança e viver o seu sonho de criar um trabalho que faça sentido pra você, fazendo o que você ama e ganhando bem pra isso.

 

A palavra de ordem é liberdade! Liberdade de escolhas, liberdade criativa, liberdade de ir e vir. E se a sua escolha não der certo você escolhe de novo e tudo bem. Eu sou prova viva disso, mas outro dia eu te conto em mais detalhes.

 

PARA VIVER O SEU SONHO

Só que pra viver o seu sonho, antes você vai ter que superar alguns desafios bem comuns nessa fase inicial como os medos que eu listo aqui abaixo. Veja com quais você se identifica:

– o medo de arriscar.
– o medo de abandonar tudo o que já conquistou.
– o medo do que os outros vão pensar se você fizer isso.
– o medo de fazer uma mudança grande.
– o medo de ter que recomeçar do zero.
– o medo de ficar sem dinheiro.
– o medo de errar, de fracassar.
– o medo de não saber o que fazer, por onde começar.
– o medo, o medo, o medo.

 

Esse cara está sempre presente quando se trata de fazer coisas novas. Ele já vem no pacote e não é opcional. Ele faz parte do processo que se chama: MUDANÇA. O medo sempre se apresenta pra te lembrar que você deve ter cautela, que deve prestar atenção em algum possível perigo, pra que você não meta os pés pelas mãos. O que você não pode deixar acontecer é que ele te impeça de realizar as coisas que são muito importantes pra você.

 

Aliás, se o que você tem medo de fazer é realmente algo muito, muito, muito importante e que pode mudar a sua vida, é aí que ele aparece com mais intensidade porque você não quer que dê errado e quer que saia tudo do seu jeito. Mas como eu falei antes a função dele é te deixar alerta, nada mais do que isso. Ele não te disse pra NÃO IR, você é que não entendeu a língua dele ainda.

 

Se algo que você quer fazer não te der medo, nem perca seu tempo, isso não é tão importante assim pra você ou então não tem o potencial de mudar a sua vida, simples assim.

 

O MEDO COMO ALIADO

E agora que você tem estas informações valiosas você já pode passar a encarar o seu medo como um indicador ou um medidor do grau de importância que algo tem na sua vida.

 

E para saber distinguir com mais clareza qual mensagem o medo quer te passar eu te proponho a fazer um exercício agora mesmo enquanto lê este post.

 

Respire fundo e mentalize:
Pense como seria a sua vida se você estivesse trabalhando com o que você mais ama fazer, do jeito que você quer, com toda a liberdade do mundo para criar, num ambiente com tudo o que você gosta, atendendo as pessoas que você mais gosta de atender, com uma legião de fãs do seu trabalho e você conquistando a cada dia os seus sonhos mais desejados. Visualize tudo, todos os detalhes e as sensações.

 

E aí? Como é que você está se sentindo depois de ver esta cena? Este assunto te infla o peito e te faz suspirar? É leve e inspirador ou você se sente tenso, encolhido, se sente pesado e o medo é tão grande que você tem vontade de escapar desta sensação correndo?

 

Eu arriscaria dizer que você está suspirando neste momento…

 

Se você se sente tenso e com vontade de desviar o pensamento pode correr que é fria, isso não vai te fazer bem. Agora, se você se sente leve e inspirado por este tipo de visualização e só não começou ainda a concretizar esta cena porque tem medo de largar tudo pra viver um sonho, saiba que você não precisa tomar nenhuma atitude radical pra viver o que você tanto quer.

 

Ou então se você só não se mexeu ainda porque não sabe por onde começar e quais os primeiros passos a dar, não seja por isso, eu te ajudo.

 

A AJUDA QUE FALTAVA

Eu vou te orientar neste processo e te mostrar o que fazer pra começar a por em prática o seu sonho de viver criando seus produtos incríveis. E isso vai acontecer em uma palestra online e gratuita que estou preparando para o dia 20/Março/18 às 20:30h e você está super convidado.

 

Vou te contar o que é realmente necessário para começar a construir o seu negócio criativo do zero e do jeito certo. Para garantir a sua vaga (caso ainda não tenha feito) é só deixar seu e-mail neste link aqui e aguardar o dia da palestra.

 

E algo me diz que você vai estar presente lá, acertei?

 

E enquanto este dia não chega, que tal você me contar qual foi a sensação de ter feito a mentalização do seu trabalho dos sonhos? Eu vou adorar saber o que surgiu aí nessa cabecinha criativa e inquieta e quero saber também quais são os medos que te impedem de dar o primeiro passo. Pode escrever no contato@viverdecraft.com.br que eu vou estar esperando.

 

Quero te encontrar ao vivo na palestra, hein!!
Grande beijo e até mais!!