Me responde uma coisa, o quanto você quer que esse negócio de viver de craft dê certo? O que você está disposto a fazer pra conquistar o seu sonho?

Tá bom, foram duas perguntas… e eu poderia fazer outras tantas pra tentar tirar de você as respostas que estão aí dentro em algum lugar. É muito importante que elas saiam por aí e que você consiga materializar estas respostas que estão aí dentro da sua cabeça.

Então mais perguntinhas:
– Até onde você iria pra realizar o sonho de viver fazendo o que você ama?
– O que você está disposto a abrir mão pra conquistar a vida que você sempre quis?

Eu quero te lançar um desafio! Pega aí o gravador do seu celular e responda a estas perguntas pra você mesmo, em voz alta. Faz de conta que você está conversando comigo ou com um amigo próximo. Ninguém mais vai ouvir, então seja franco com você mesmo.

Quando a gente fala em voz alta aquilo que vive só na nossa cabeça, esses pensamentos ganham uma outra dimensão, eles ganham vida. E você quase consegue ver e pegar o que um dia foi só uma ideia vaga ou só um sentimento dentro de você, pois eles se tornam mais reais. E é fundamental que aquilo o que é realmente importante pra você ganhe vida, se torne real.

E pra te dar um incentivo e pra você poder medir o quanto você está disposto a ter a vida que você sempre quis fazendo o que você mais ama, eu indico que você escute este áudio do Murilo Gun (aliás, recomendaria vários dos podcasts dele) onde ele entrevista o comediante Márcio Ballas. A história é bem divertida e a lição pra toda vida é:

Quando a gente quer muito, dá-se um jeito!

Mas eu ainda prefiro o:
Quem quer dá um jeito, quem não quer dá uma desculpa!

Escute o áudio aqui e boa inspiração!